Personagens!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Personagens!

Mensagem  Dean em Qui Jun 01, 2017 9:23 pm

ܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔ
P E R S O N A G E N S / P L A Y E R S

ܓ [bloodraven] - Jon Leeves - [http://www.ivid.it/fotogallery/imagesearch/images/arn_tempelriddaren_joakim_n_tterqvist_peter_flinth_014_jpg_nvvm.jpg]
૪ Status: Morto
૪ Resumo:
Jon Leeves foi enviado por seu Lorde para servir na Patrlha da Noite, e após algumas semanas de treinamento, finalmente realizou o Juramento e se tornou um irmão da Patrulha. Jon deixou para trás sua esposa e um filho. Esposa essa, que era irmã do mesmo Lorde que havia banido-o para a Muralha. Jon passou meses em Castle Black sem ter notícias de sua família, até que, o destino lhe enviou seu antigo suserano para também servir na Muralha. Jon descobriu que seu antigo Lorde, e melhor amigo, com desgosto pelo que o rapaz havia feito, mandou açoitar sua própria irmã e seu filho pequeno. Ambos foram encontrados mortos, e então, o suserano da região baniu o rapaz também para Muralha por seus crimes. Perdido em ódio e sedento por vingança, Jon quis matar aquele homem que estava diante de si, mas fora impedido por Half-hand. No entanto, o antigo Lorde também guardava recentimentos contra Jon e invadiu seus aposentos no meio da noite junto de
outros três homens para assassiná-lo. Com a ajuda de um de seus amigos da Muralha, Theon, Jon manejou matar os quatro irmãos que os atacavam e matar seu rival e pior inimigo. No meio desta batalha, um dos dois únicos amigos de Jon, Theon, perdeu sua vida. O Leeves ficou seriamente ferido, e depois daquilo, ainda teve
de ser julgado por Cotter Pyke, o Lorde Comandante de Atalaiaste do Mar, por traição ao matar quatro dos Irmãos da Patrulha. Jon foi declarado culpado, mas antes de ser setenciado, o infame pirata Euron Greyjoy atracou com seus homens de ferro na Muralha com a intenção de libertar um de seus comandante: Língua Silenciosa. Um homem que nunca havia falado pois tinha tido sua língua cortada, e o segundo amigo mais próximo do Leeves. Com a decisão de sobreviver ou enfrentar a punição dos Patrulheiros por sua traição, Jon decidiu se unir ao Pirata realizando apartir daí, várias viagens pelo mundo com o mesmo. Jon encontrou seu fim
depois que Euron Greyjoy contratou milhares de sellswords e com uma frota poderosa, assaltou Sunspear. Usando metodos desconhecidos, Euron teve sucesso em aproximar do castelo mais importante de Dorne sem ser percebido, e por conta disso, não havia tido tempo para que os dorneses se preparassem contra um cerco
ou assalto. Com a vantagem da Batalha, Euron colocou abaixo dois dos três portões de Sunspear, mas falhou em derrubar o último que era protegido por ninguém menos que Areo Hotah. Jon e Língua Silenciosa lutaram contra Trystane Martell e Areo Hotah, respectivamente, e ambos os piratas aliados do Greyjoy, pereceram neste combate.

ܓ [ghoulish] - Aenar Targaeryen - [http://static.tvtropes.org/pmwiki/pub/images/aegon_iii_targaryen_woiaf_594.png]
૪ Status: Vivo
૪ Resumo:
A aventura do pequeno Aenar começou nos corredores da Fortaleza Vermelha. Intrigada com a presença de uma Lady desconhecida que era protegida por um cavaleiro desconhecido, Aenar tomou interesse na mulher e então, tomou como uma pequena missão, quem era a protegida desconhecida. Após um pequeno jogo de intriga, o jovem Príncipe descobriu tanto a identidade do cavaleiro misterioso, como a identidade da mulher. Respectivamente, tratavam-se de, Ronnet Connington e Lyanna Stark. Imediatamente Aenar percebeu o perigo daquela informação, e então, além dele e de sua irmã, Rhaenys, ninguém mais ficou sabendo da descoberta.
Os Lobos do Norte ainda não haviam dobrado o joelho, como a maioria das outras Casas já haviam feito, para Rhaegar Targaryen. Deixar com que a notícia de que a irmã do Lorde Brandon Stark estava em King's Landing, poderia causar grandes complicações para o pai. A descoberta dessa notícia acabou por resultar em várias
mortes de homens pertecentes a Casa Qorgyle de Dorne, onde estes, foram acusados de conspirar para matar a Princesa Rhaenys. Aenar viu dezenas de Lordes dobrarem os joelhos para o pai, e em uma jogada de mestre de Oberyn Martell, foi prometido para casar-se com sua prima, Arianne Martell, Herdeira dos Martells. Isso significava que ao lado de Arianne, quando o enfermo Doran Martell morresse, Aenar iria governar Dorne ao lado de Arianne. No entanto, o jovem Príncipe nunca chegou a partir para Dorne. Intrigado agora em descobrir a verdade por trás da traição de Jaime Lannister, partiu a noite para conversar com os alquimistas. Em seu retorno para a Fortaleza Vermelha, Aenar foi emboscado por homens do Lorde Brandon Stark, que havia se negado a dobrar o joelho até que sua irmã fosse devolvida ao Norte. Brandon Stark, com a ajuda do Kingsguard Arthur Dayne, A Espada da Manhã, sequestrou Aenar e sua irmã Rhaenys, o que acabou resultando na morte
de um outro Kingsguard, Arys Oakheart. Boatos dizem que Arthur Dayne abandonou sua honra, traiu um de seus melhores amigos, para proteger sua irmã e esposa de Brandon. Com o Lobo se recusando a ajoelhar-se, o Rei Rhaegar declarou guerra contra o Norte e consequentemente, com Ashara Dayne. Para proteger sua irmã
Arthur abandonou tudo o que acreditava e aposentou seu Manto Branco. Foi levado por Brandon Stark para Winterfell, onde permaneceu durante meses e até mesmo, participou da cerimônia de coroação do mais novo, Rei do Norte. Foi resgatado mais tarde por seu irmão e Herdeiro do Trono de Ferro, Aegon Targaryen que teve a ajuda de Barristan Selmy, Lyanna Stark - disfarçada de Cavaleiro da Árvore que Ri. - e Lorde Joffrey Staunton. Este último, que ao lado de onze homens, após o resgate do Príncipe e da Princesa, acabou ficando por vontade própria, para trás servindo de isca para que os Targaryens fugissem. Em um plano bolado por seu irmão, fugiram mais ao fundo para o Norte, em direção à Muralha, já que, um escape pelo sul, uma tentativa de passar pelo Gargalo, era impossível. Ao chegar na Muralha, tiveram como objetivo cruzar além. O ponto de encontro para o resgate dos Príncipes era Além-da-Muralha, mas foram impedidos de continuar por: Qhorin Halfhand, Frostfinger e ninguém menos do que Benjen Stark. Um combate terrível se iniciou, sendo que Aegon derrotou Frostfinger, Barristan Selmy degladiava-se em um combate duro com Halfhand, e então, uma terrível tragédia aconteceu. Benjen Stark lutava contra sua própria irmã, Lyanna, que estava disfarçada. E em um vacilo de Lyanna por receio de matar ou machucar gravemente o irmão dentro do combate, Benjen se aproveitou de uma abertura e cravou sua espada no peito de sua irmã. O Stark só foi perceber o que havia de fato feito, quando viu o corpo de Lyanna cair e o elmo deslizar para fora de seu rosto, e então, finalmente viu que havia matado sua própria irmã. Tomado por remorso, o Stark não aguentou e saltou do topo da Muralha, dando fim a sua dor e sua vergonha. Com isso, a passagem para os Targaryens foi aberta, e eles tiveram passagem livre para Hardhome, onde se encontrariam com a Frota Real e fugiram para King's Landing. Após dias sendo perseguido
por Brandon Stark e seus homens, conseguiram finalmente chegar em seu objetivo e se juntaram com o exército lealista. Mas seus inimigos, já estavam muito próximos, e então, o Stark caiu sobre os Targaryens iniciando uma terrível batalha que mais tarde, ficaria conhecida como “A Batalha do Dragão Morto”. O exército lealista
comandado por Vaelyx Targaryen, Corlys Velaryon e Raenar Velaryon haviam tomado Hardhome e matado todos os selvagens que ali viviam. Quando os Lobos caíram sobre eles, metade dos homens lealistas começaram a recuar para suas embarcações com a intenção de escapar com os Príncipes. Vaelyx Targaryen, Príncipe
de Dragonstone, liderou a segunda parte do exército que resistia contra os Nortenhos para o escape dos familiares. Foi então que, tudo piorou. A Frota dos Baratheons apareceram no horizonte e ficou claro que não haviam vindo para aliar-se aos Targaryens. Comandados por Stannis Baratheon e Lyonel Baratheon, botaram fogo
em parte da Frota Real e tomaram barcos que estavam praticamente vazios dos inimigos. Raenar Velaryon e Corlys Velaryon, entraram em um combate naval com Stannis Baratheon, sendo que deste, saíram parcialmente vitoriosos, com as embarcações de Stannis fortemente avariadas e o próprio homem ferido. Enquanto isso
Lyonel Baratheon liderou metade da Frota para a costa, e então, pegou o restante do exército Targaryen pelas costas, iniciando um massacre. Os dois Velaryons, junto de Aenar e Rhaenys Targaryen, escaparam de Hardhome e velajaram para o sul uma vez mais, sem saber o desfecho daquela terrível batalha. Depois de meses
em alto mar, finalmente alcançaram King's Landing e as notícias da Batalha de Hardhome foram lhes dadas. Vaelyx Targaryen havia morrido pelas mãos de Brandon Stark, e Barristan Selmy havia ceifado a vida de Lyn Corbray, que havia se tornado um poderoso aliado dos Starks. Mas no fim, não havia sido uma vitoria completa do
Stark. Os boatos disseram que, após a queda de Vaelyx, o mesmo voltou a se levantar, sem uma gota de sangue em seu corpo e com os olhos azuis e que o mesmo volto a lutar. Matou Starks, Baratheons e até mesmo, Targaryens quando se reergueu e então, recebeu a alcunha de “Dragão Morto”. Muitos não acreditam na história
mas os poucos que acreditam, foram convencidos por Barristan Selmy, o único Kingsguard vivo até aquele momento. O mesmo jurou perante os Deuses Antigos e Novos, e no nome de seu Rei, que havia visto Vaelyx se levantar depois de morto, com seus próprios olhos. Quando tudo parecia que ia se ajeitar e que o Príncipe Aenar finalmente iria ter um pouco de paz, uma notícia terrivel: Lucerys Velaryon havia sido assassinato em seus aposentos, e o principal suspeito do crime era seu sobrinho, e um dos heróis que salvou Aenar, Corlys Velaryon. Aenar particiou do julgamento onde Sor Corlys Velaryon foi inocentado das acusações.

ܓ [rkrocha] - Alester Torrent - [https://dl.dropboxusercontent.com/u/20953787/2ic/Torrent/Alester.png]
૪ Status: Morto
૪ Resumo:
Após um enorme saque, uma tempestade atacou o infame pirata Alester Torrent, seus barcos foram perdidos e junto deles, toda sua tripulação e todo o sangue que havia realizado. Ouro o suficiente para colocar coroas e comprar reinos. Tudo isso, perdido no fundo do mar. Foi encontrado por um outro pirata conhecido como Harlen “Duas-Vezes-Mortos” Harlaw. No fim, descobriu que Harlen era um dos comandantes do pirata temido e odiado por quase todas as Cidades Livres e até mesmo, westeros, Euron Greyjoy. Alester não havia nascido para servir e sim, comandar, mas na situação em que se encontrava, não teve muitas opções a não ser
se a tripulação de Harren e se tornar um dos piratas de Euron. Se juntou ao plano de Harren em dominar as Stepstones e conseguir todos os piratas das Ilhas para o lado de Euron, e então, foi encarregado do assalto da Ilha conhecida como Bloodstone. Alester levou seus homens contra os piratas “Luvas Douradas” e matou
seu capitão, Salleo Mopelion, tomando assim, Bloostone para Euron e tomando o restante dos homens de Salleo, para o Greyjoy. Em seu assalto, Harren deixou de ser chamado de “Duas-Vezes-Morto” e passou a ser chamado por “Três-Vezes-Morto” e agora, o pirata passou a carregar uma enorme cicatriz em seu rosto. Depois
de tomas as Stepstones e conseguir milhares de piratas para sua força, Harren, em nome de Euron Greyjoy, atacou Griffin's Roost com a intenção de capturar os filhos da Mão do Rei, Jon Connington e ao mesmo tempo, irritar o homem. Prevaleceram no assalto e tomaram a sede da Casa Connington, deixando uma guarnição
de mil piratas mantendo o Castelo e um dos homens de Harren como Lorde do Castelo. Partiram em seguida para o próximo assalto, seu novo alvo: A Árvore. Em um combate naval sangrento entre a frota Redwyn e a frota pirata de Harren, Alester veio a falecer em meio ao combate quando seu navio naufragou.

ܓ [aka] - Jullian RedSymphony - [http://i3.cpcache.com/product/599327576/raven_black_posters.jpg]
૪ Status: Morto
૪ Resumo:
Jullian servia aos membros da Casa Qorgyle, e sobre o comando deles, viajaram para King's Landing com o intuíto de conseguir aliados para Arianne Martell na Guerra Civil que estava para eclodir em Dorne. Foi quando em uma conversa amistosa com a Princesa Rhaenys Targaryen, descobriu que ela e seu irmão, Príncipe
Aenar, guardavam um segredo que ninguém podia descobrir. Jullian tentou descobrir do que se tratava jogando “verde” com a Princesa, mas suas tentaivas falharam, e assim, o que o rapaz conseguiu, foi apenas problemas para o seu lado. Após dizer a Princesa que sabia qual era o seu segredo, Rhaenys com receio que
o que havia descobrido junto de Aenar sobre Lyanna Stark vazasse e prejudicasse seu pai, conspirou para matar não só Jullian, mas como também, todos os membros da Casa Qorgyle que haviam seguido-os. Jullian foi morto junto de seus suseranos e seus guardas, por Arys Oakheart, da Guarda Real e homens leais aos
Targaryens. Uma desculpa foi criada pela Princesa dizendo que os membros da Casa Qorgyle haviam tentado matá-la, e os fatos foram comprovados pelos soldados que realizaram a chacina, assim como pelo Guarda Real que a protegia. Desde então, a Lorde Qorgyle de Sandstone vem procurando vingança contra a coroa
por não acreditar que seus familiares haviam realizado tal ato sem seu conhecido. Além de também, ter sido chamado para ser julgado pelo Rei e pela Fé se era culpado por ordenar aquele ataque ou não. Lorde Qorgyle nunca compareceu à King's Landing para o seu julgamento.

ܓ [assude] - Darheon Tuttle - [https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/09/8e/e2/098ee25016d243895b4699953db2eddf.jpg]
૪ Status: Vivo
૪ Resumo:
Darheon foi ao lado de seu Lorde, Gregor Forrester, para uma reunião das Grandes Casas do Norte em Winterfell. Brandon Stark havia convocado seus vassalos para discutir se o Norte deveria ou não, ajoelhar-se diante o Rei Dragão, Rhaegar Targaryen. Nesta foi decidido que Brandon não se ajoelharia a menos que sua irmã
Lyanna Stark fosse retornada ao norte ilesa. Foi decidido também que seu Lorde, Gregor the Good, partiria para o Sul junto de Brandon e mais uma pequena comitiva que era esperada em King's Landing. Retornou ao lado do Mestre-de-Armas de Ironrath, Sor Royland e então, perceberam que a sede da Casa Forrester estava
sofrendo um cerco de sua Casa rival, Whitehill. O Lorde Whitehill aproveitando-se da ausência do Lorde Forrester para o Sul, sitiou Ironrath com três mil homens e tinha o intuíto de tomá-la. Sor Royland enviou Darheon de volta para Winterfell para conseguir ajuda dos Starks, e então, o Tuttle cavalgou incansavelmente durante quase três dias. Conseguiu a ajudar de Lorde Eddard Stark para quebrar o cerco, e então, o Lobo comandou três mil homens que estava em Winterfell para o combate. Sor Rodrik Cassel, e Rodrik Snow - bastardo de Brandon Stark. - também participaram daquele combate. Darheon entrou em combate singular com Ludd Whitehill
e o venceu, mas quando foi tomar-lhe a vida, o herdeiro Torrhen Whitehill, interviu no combate, salvou seu pai e então, liderou seus homens contra o exército Stark. Com Rodrik Forrester liderando os quase mil homens para fora de seu castelo, e com Eddard Stark fazendo com que os soldados Whitehills não lutassem com seu
suserano, metade do exército de Torrhen se rendeu, e o combate se tornou um massacre por parte dos Stark, sendo que não muito tempo depois, o restante dos homens Whitehills também se renderam. Como consequências pelos atos de Ludd Whitehill - que faleceu pelos ferimentos recebidos no combate singular. - O destino
da Casa Whitehill ficou nas mãos dos Forresters. A notícia da morte de Gregor Forrester em King's Landing não só abalou toda a Casa Forrester, como também, fez com que Rodrik Forrester tomasse seu lugar como Lorde da Casa. Lorde Rodrik decidiu que seu irmão exilado, Asher Forrester, deveria retornar para casa, e então,
que o mesmo se casaria com Gwyn Whitehill e se tornaria o Lorde de Highpoint. Com a morte de Sor Royland na quebra do cerco de Ironrath, Darheon fora nomeado o novo Mestre-de-Armas e liderou o ataque contra Highpoint, tomando a sede da Casa Whitehill e prendendo o terceiro e único filho restante de Ludd, Gryff e sua irmã
Gwyn. Ficou encarregado de manter o castelo até a chegada de Asher Forrester, e então, recebeu ordens para reunir seus homens e viajar para Moat Cailin para guarnecer o castelo contra uma investida sulista. No entanto, Darheon nunca teve a oportunidade de realizar aquela tarefa, levando-se em conta que logo em seguida de
receber aquelas ordens, teve que lidar com uma revolta dos homens Whitehills dentro das muralhas de Highpoint. Acabou gravemente ferido e com o perigo de perder um de seus braços por conta da rebelião, e então, foi obrigado a deixar com que Gryff e Gwyn Whitehill escapassem de sua custódia. Sem estar em condições para
comandar seus homens para Moat Cailin, designou outro homem de confiança para completar a tarefa e enviou o reforço para o castelo. Darheon governou Highpoint por mais algum tempo, e teve até mesmo, de realizar pequenas audiências para atender as suplicas da população de Highpoint. Teve em sua custódia uma mulher
acusada de bruxaria que prometeu se sua vida fosse poupada, curar o braço do Tuttle que naquele momento, se não se recuperasse por um milagre dos Deuses, teria de ser amputado. Prometeu à população de Highpoint queimar a bruxa na fogueira, no entanto, usou sua magia negra para curar seu braço. Em um ritual macabro
a mulher matou um dos homens de confiança de Darheon realizando o ritual, e então, o Tuttle desmaiou, acordando sozinho no dia seguinte com o braço totalmente negro, mas sem sentir dor e podendo move-lo normalmente, e com o corpo de seu soldado morto ao seu lado. Cobriu o corpo do soldado com vários lençóis e então
o queimou na frente de toda a população fingindo que aquele cadáver, pertencia a bruxa. Após alguns meses, Asher Forrester finalmente chegou em Ironrath, acompanhando de seu tio, e de uma companheira que havia feito nas Cidades Livres. Assim que chegou, ambos os Lordes Forresters, Rodrik e Asher foram convocados pelo Rei do Norte, Brandon Stark, para comparecer à Winterfell em uma reunião de guerra que aconteceria. Darheon Tuttle tentou entrar para o Wolfpack liderado por Arthur Dayne. Foi reprovado no teste do Espada da Manhã quando recusou-se a lutar seriamente com um dos competidores por ser uma mulher, Alysanne Mormont. No fim, participou da reunião onde dezenas de Lordes do Norte, inclusive os Lordes das Grandes Casas Nortenhas, participaram e onde foi decidido que Brandon Stark tentaria juntar os selvagens para o seu exército com intuíto de ter números suficientes para exterminar a Casa Targaryen.


ܓ [chainedtruth] - Durran Durrandon - [http://i.imgur.com/4ki3Ypn.jpg]
૪ Status: Vivo
૪ Resumo:
Manteve-se vivo pelo seu anonimato e por deixar para trás o nome de sua família. Mas quando notícias de Westeros chegaram a Meereen dizendo que Robert Baratheon havia sido morto em sua rebelião, Durran percebeu que este era o momento perfeito para expulsar os antigos Usurpadores de suas terras e reaver o assento de
sua família. Deixou para trás o anonimato e rapidamente, começou a adquirir atenção para sua pessoa. Tornou-se Campeão da Arena de Daznak sem ser atingido sequer uma vez por seu adversário, e então, recebeu da plateia a alcunha de “O Intocável”. Mesmo ao se tocar Campeão de uma das Arenas de Batalhas de Meereen,
ainda não tinha o ouro necessário para comprar sua passagem de volta para Westeros, e então, decidiu se arriscar na Arena Dourada. Foi lá que, Durran aceitou o patrocínio de um Mestre de Escravos e passou a lutar em seu nome. Tomou a escrava do homem, Laenyna, para servi-lo como um presente do homem. Querendo
adquirir o ouro necessário de forma rápida, Durran pediu para lutar mais uma vez, com o Campeão daquela Arena. A Arena Dourada era pelo menos duas, talvez três vezes maior que a Arena de Daznak e o Campeão só podia ser desafiado por quem realmente merecesse, e então, Durran falou que lutaria com dois, até três homens de uma vez para mostrar que era um adversário a altura do Campeão. Insultados pelo excesso de confiança do homem, os donos da Arena decidiram elevar a dificuldade do desafio de Durran e seu adversário foi nada menos do que um enorme urso. Além disso, Durran ainda acabou por ser emboscado nos aposentos de preparação da arena e esfaqueado no abdómen por homens do Grande Mestre Loraq. Lutou já ferido contra a besta, e inúmeras vezes, esteve com a vida por um fio naquele combate. Seu corpo ficou com dezenas de arranhões, mas para sua sorte, o urso não havia conseguido abocanhá-lo. O que parecia ser o fim certo de Durran, acabou por se tornar uma reviravolta incrível naquele combate. O urso aproveitou-se que seu inimigo estava extremamente ferido e cansado, para então, investir fortemente contra o rapaz. Durran, em seu último fôlego sabia que naquele momento, era tudo ou nada, e assim, esperou que o urso saltasse sobre si, cravando de uma vez só, ambas suas lâminas na garganta da criatura que morreu imediatamente. Levantou-se vitorioso contra a besta e sendo aplaudido por todos os espectadores da Arena que gritavam seu nome, a felicidade de Durran acabou segundos depois. Homens do Grande Mestre Loraq cercaram Durran dentro da Arena e o sequestraram logo em seguida. O Durrandon permaneceu os próximos dois meses dentro da pirâmide sendo torturado e abusado por Loraq. Nunca soube o porque daquilo, sendo que, o Mestre Escravagista em momento algum lhe pediu informações. Foi só no fim de sua tortura que descobriu os motivos de Loraq. Era evidente para Durran que seu pai apenas deitava-se com sua esposa para gerar herdeiros e por obrigação, sendo que, na maioria das vezes, o Lorde Durrandon preferia a companhia de homens e jovens. Loraq havia sido um deles, mas não por acaso. Tinha sido Loraq, um pequeno escravagista na época, quem havia sido contratado para matar o Durrandon e toda sua linhagem. Foi dessa forma que o homem cresceu, tornando-se uma das três grandes cabeças de Meereen, e Durran, era o erro que havia cometido anos antes. Um Durrandon havia sobrevivido, e era a tarefa de Loraq matá-lo. E ele teria feito, se não fosse pelo cunhado de Durra, Erik Yronwood sequestrando Loraq e em seguida, invadindo sua pirâmide para o resgate do Durrandon. Foi neste momento que conheceu o fiel e leal cavaleiro que servia sua quase extinta Casa, Sor Davis. O homem havia ficado para trás na pirâmide, já bastante ferido do combate que havia resultado no sequestro de Loraq, para assegurar-se de que seu Lorde fugiria. Quando todos se reencontraram no porto, Durran descobriu que a escrava que ele havia libertado, Laenyna, havia ajudado Erik a encontrá-lo e ela tinha sido a chave para que ele fosse resgatado. Todos estavam novamente juntos e Durran, praticamente semi-morto e sem forças alguma em seu corpo. No último minuto, antes de fugirem em uma pequena embarcação pela Baía dos Escravos, um semblante surgiu cambaleante entre as sombras do porto. O velho cavaleiro Sor Davis, havia retornado para junto de seus aliados, mas seu corpo caminhava pela força de seu espírito já que, o homem não tinha mais forças físicas para manter-se em pé. Tanto Sor Davis, quanto Durran, ficaram a beira da morte por vários dias, e apenas sobreviveram, graças ao tratamento e cuidado da escrava valiriana Laenyna. Fugiram para Volantis, onde agora sendo caçados pela Companhia Dourada, manejaram em escapar com a ajuda dos sellswords, Asher Forrester e Beshka. Ao retornar para Dorne em busca do Castelo que a Casa Dayne havia fornecido como refúgio para os Durrandon quando fugiram das Stormlands, Durran e Erik descobriram que seu castelo havia sido tomado por Quentyn Martell e que sua irmã e esposa, respectivamente, havia sido tomada como refém pelo
Martell. Durran tentou conseguir ajuda de Lorde Anders Yronwood, mas o homem se recusou, e então, ele partiu para High Hermitage em busca do Estrela Negra. Este, que agora estava em Starfall aconselhando e ensinando o pequeno Lorde Edric. Então, Durran foi de encontro aos Lordes Daynes e para ambos que fosse lhe
fonercido homens para que ele se vingasse contra o Martell. Com a Casa Dayne querendo se livrar da reinvidicação de Quentyn Martell para o assento de Governante de Dorne, Estrela Negra disponibilizou mil homens para Durran, e então, ele começou seus planos para capturar e matar Quentyn Martell, que até aquele momento
estava em Skyreach com cinco mil espadas. Durran descobriu os planos que Quentyn tinha feito, e planejou-se para capturá-lo, mas as coisas não saíram como ele planejou, e então, levou seus mil homens para Hellholt, onde encotrou três mil homens de Quentyn Martell, liderados por Jeyne Fowler, cercando a cidade. Com os
Ullers sendo um dos aliados de Arianne Martell na Guerra Civil, Durran ajudou a quebrar o cerco e lutou grande parte daquele combate com uma desvantagem númerica de três para um, até que, oitocentos homens dos Ullers saíram de suas muralhas e se juntaram a batalha que disperçou as forças de Quentyn, e resultou na
morte de Jeyne Fowler. Por fim, foi notificado por Lorde Uller que a Guerra Civil estava para chegar ao seu fim, já que, Trystane Martell jurou lealdade à irmã, e agora, Arianne Martell apoiava o Dragão Dourado, Daeron Blackfyre, que em breve, aportaria em dorne com um exército de quinze mil homens nas suas costas.

ܓ [leo] - Erik Yronwood - [http://www.keysmashblog.com/wp-content/uploads/2013/02/Gwaine.jpg]
૪ Status: Vivo
૪ Resumo:
Erik recebeu a informação por intermédio do Mestre dos Sussurros, Varys de que seu cunhado, Durran Durrandon, estava vivo em Meereen. Acreditava-se que o único sobrevivente dos Durradon’s seria sua esposa, Dianna, irmã de Durran, então quando o honrado Yronwood descobriu que o legítimo herdeiro de Rebelray e seu “irmão” estava vivo, não mediu esforços e partiu para o outro lado do mundo rodeado de homens leais à sua Casa, para resgata-lo. Não foi fácil resgatar Durran, tendo em vista que, quando aportaram em Meereen, Erik e Ser Davis, o fiel e veterano cavaleiro, descobriram que aqueles que buscavam, estava nas masmorras de uma das pirâmides que era controlados por um dos três homens mais importantes da cidade escravagista: Loraq. Com a ajuda de um Lyseno, Joreo, que foi contratado para ser o tradutor de Erik em Meereen, bolaram um plano para tirar Loraq de dentro de sua pirâmide que era extremamente guardada, e o atraíram para um beco qualquer da cidade, onde lá, emboscaram o Mestre Escravagista e seus homens. Em um combate sangrento, o jovem escudeiro de Erik, Lewyn Yronwood, acabou por perder um de seus olhos em um ferimento causado por um dos inimigos. No entanto, com a liderança e bravura de tanto Ser Davis, quanto de Erik, os homens conseguiram sobrepujar e render os guardas de Loraq, fazendo com que ele se rendesse junto. O Yronwood torturou, raspou a cabeça e cortou membros do Mestre Escravagista em busca da informação que queriam: onde estava Durran e como invadiriam a pirâmide. O plano veio do próprio Lyseno, que já havia bolado toda a estratégia de emboscada, mas não antes de cortarem a garganta do Mestre dos Escravos. Erik, Davis e o restante dos rapazes, se apossaram das vestimentas dos homens de Loraq e assim, caminharam para dentro da pirâmide como se fosse uma de suas patrulhas. Com as informações que o homem havia passado para Erik, caminharam pelos corredores e encontraram nas masmorras, o Durrandon semi-morto. Completamente ferido e sem conseguir se movimentar, teve de ser carregado dali em diante. Isso levantou suspeitas dos homens da pirâmide e então, a perseguição começou. Davis ficou para trás lutando com vários inimigos ao mesmo tempo, dando tempo para Erik e cinco homens escapassem carregando Durran. Fugiram para o porto, onde Laenyna, a escrava que havia sido libertada pelo Durrandon meses antes, os esperavam com uma pequena embarcação para fugirem. Já lá, esperaram pelo retorno de Lewyn e de Joreo que não haviam invadido a pirâmide por conta de seus ferimentos, e prontos para partir, deixando Davis para trás, o velho cavaleiro chegou entre tropeços e gravemente ferido. Fugiram então para as Ilhas Cedars onde acamparam por quase uma quinzena com a esperança de que tanto Davis e Durra, se recuperassem. Os estados de ambos eram graves, e os dois estavam desacordados. Por mais que Laenyna tivesse deixado-os confortáveis, aquilo estava além dela, e dependia apenas deles para que sobrevivessem: e sobreviveram. Durran quando acordou não conseguia se movimentar direito, por tanto, uma bengala improvisada lhe foi dada. Viajaram de lá para Astapor e de Astapor para Volantis, onde buscaram uma embarcação que os levassem para Westeros. Foi quando se encontraram com sellswords desertores dos Second Sons, Asher e Beshka. Juntos, tiveram de entrar em combate com a Companhia Dourada e escaparam dos meses, viajando ao lado dos dois mercenários, até Dorne. Aportaram em Lemonwood, e de lá, navegaram pela foz do rio Greenblood até o fim do rio Scourge, onde se dirigiram para Yronwood, a sede da Casa do pai de Erik. Se separou de Durran lá, quando descobriram que Rebelray havia sido tomada por Quentyn Martell. Durran desapareceu no meio da noite sem dar satisfações para onde ia. Erik tinha sua mulher e dois filhos, reféns em Skyreach pelo Martell, e então, o pai lhe deu trezentos homens para tramar contra o Martell que havia crescido junto de si e agora, tinha feito tamanha traição. Esperou com que Quentyn marchasse com seus cinco mil homens para continuar sua Guerra Civil, e então, seguindo um plano do Lyseno que ainda os acompanhava, Joreo, invadiram Skyreach e tomaram o castelo do restante da guarnição que havia sobrado. Tomaram como refém uma das filhas do Lorde Fowler, mas a mulher, presa dentro de sua Casa, matou todos os corvos e impediu – por meio de envenenamento. – que os mensageiros do Yronwood chegassem em seu destino. Quando o exército do pai finalmente voltou para Casa, Lorde Fowler deu a opção de Erik se render e virar refém, ou ver sua família toda ser massacrada em sua frente. Com menos de cem homens restando, Erik decidiu que lutaria, se não fosse pela língua venenosa da Fowler que estava cativa consigo. A mulher conseguiu criar um motim entre os próprios homens de Erik que temiam por sua vida, voltando-os contra o próprio Yronwood. Uma batalha sangrenta iniciou-se entre os seus próprios homens e por infelicidade, o recém ungido cavaleiro, Lewyn, perdeu sua vida. Erik conseguiu junto de Joreo e sua família, além de cerca de vinte e poucos homens, fugir por uma passagem secreta e retornar para Casa. Não antes, claro, de cortar a garganta da mulher venenosa que era sua refém. Em Casa, descobriu que o fim da Guerra Civil se aproximava, e que uma outra Rebelião Blackfyre se iniciava com Arianne Martell, a Governante de Dorne, sendo o principal apoio do suposto Blackfyre.

ܓ [raf22] - Haryella Sery - [https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTfX90qpUrS8Kaac2URkIaBeqWreuFr8fvQ0DXwP8VTCAbD6K9reA]
૪ Status: Viva
૪ Resumo:
Após se meter em dezenas de problemas e confusões na Southshield, Haryella foi enviada junto de seu irmão, para King's Landing, onde representaria sua família perante a Coroa. O pai esperava que o comportamento da filha mudasse quando ela sentisse o pesar da responsabilidade sobre seus ombros, mas não foi isso o
que aconteceu. No caminho para King's Landing, os Serrys e sua comitiva, se hospedaram na casa de seus suseranos, os Tyrell. Agora em Highgarden, Haryella achou uma oportunidade única de tentar subir o nome de sua família e seduziu o jovem Lyonel Tyrell, um rapaz de apenas quatorze anos. Por meio deste, descobriu
alguns segredos relacionados à sua família, tal como, o dúvida da opção sexual de Willas Tyrell. No entanto, seu pequeno jogo de sedução terminou em tragédia quando seu irmão, Talbert, tomado por ciúmes, conspirou para o assassinato do pequeno Lyonel. Um dos cavaleiros que servia a Casa Serry, foi o assassino na calada
da noite, e ninguém, nunca ficaria sabendo quem realmente havia sido, mesmo que, levantasse suspeitas. Mas Haryella decidiu que aquela não era a forma de agir, sendo que, a partir daquele momento, haveria sempre uma suspeita sobre a Casa Serry por conta daquele acontecido, e então, convencendo o irmão de que aquilo
era o melhor a se fazer, colocaram a culpa no cavaleiro assassino, Sor Egor. O Castelão de Highgarden, um Hightower, suspeitou de tudo o que havia acontecido, mas antes de ter a oportunidade de dobrar o cavaleiro acusado, Talbert o assassinou depois de um teatro onde Sor Egor, seria apaixonado por sua irmã, e tomado por
ciúmes em ve-la com Lyonel, o matou, e por último, havia tentando estupra-la. Com o único que poderia dizer a verdade sobre tudo aquilo morto, não havia provas da culpa dos Serrys e ambos, foram liberados e continuaram sua viajem para King's Landing.

add Better Call Corlys



──────────────────
Total de Baixas: 3

avatar

Dean

Narrador

Narrador

Mensagens : 109
Data de inscrição : 27/05/2017
Idade : 22
Localização : everywhere

Ficha do personagem
HP:
999/999  (999/999)
RD:
999/999  (999/999)
DP:
999/999  (999/999)

Ver perfil do usuário http://asoiaf.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens!

Mensagem  Dean em Qui Jun 22, 2017 1:40 pm

*

avatar

Dean

Narrador

Narrador

Mensagens : 109
Data de inscrição : 27/05/2017
Idade : 22
Localização : everywhere

Ficha do personagem
HP:
999/999  (999/999)
RD:
999/999  (999/999)
DP:
999/999  (999/999)

Ver perfil do usuário http://asoiaf.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum